1 de junho de 2010

Ciclo da vida










Sou um ponto
Um ponto com ponto
Nova vida ,começa um conto.
Venho ao mundo,
deslumbro o universo,
caminho fundo.
Em mim movimento…
Enalteço ,cresço,amadureço.
Percorro caminho em carrossel,
rabisco a vida e me expresso.
Pedras,alegorias
por mim passam.
Máculas imagens vivenciadas,
eu…vida em flor!
Através do amor
novo ponto vem surgir.
Sou continuidade!
Procrio,crio,amo.
Caminho,retiro pedras
envelheço,curvo-me
em sabedoria ,padeço.
Morro, me rendo!
Novas sementes de mim
a vida irá plantar e colher.
Encerro um ciclo,
Mas deixo ponto de partida.

Regina ferreirinha 29/03/2010

Nenhum comentário:

Postar um comentário