6 de junho de 2010

Blogs viram febre nas escolas municipais

Textos, vídeos, fotos, brincadeiras, novidades, programas e até recado aos pais. O conteúdo é vasto e variado, mas espaço não falta quando se cria uma página virtual - o tão conhecido blog. Mania já disseminada em todo o mundo, ele chegou também à Rede Municipal de Ensino, onde é usado para divulgação de trabalhos, notícias e atividades diárias de escolas, como espaço para debates e para motivar - de uma forma descontraída e atual - os alunos a ler e escrever mais.

Animada com as aulas de Informática Educativa, a professora Gladys Gonçalves mobilizou a Escola Municipal de Ensino Fundamental - EMEF Guimarães Rosa em torno do blog da unidade, o BloGui , de Guimarães Rosa. Lançada em março, a página já recebeu milhares de visitas.
“Acreditamos que o que é feito na escola tem de ser mostrado”, diz a professora. Para ela o blog permite a interatividade entre os estudantes, além de incentivar a comunicação constante, já que, para atrair visitantes, ele deve estar sempre atualizado. “Entrar em um blog com notícias antigas é desagradável”, lembra.
Feito para os pais - Já a professora Adelma Alcantara, que dá aulas para crianças do 2º estágio na Escola Municipal de Educação Infantil - EMEI Sérgio Cardoso, criou um blog com um objetivo diferente: aproximar os pais da rotina de seus filhos na escola. “É uma forma de incentivá-los e ajudá-los a participar mais ativamente do processo educativo das crianças e acompanhar o que se trabalha em classe”.
A aprovação foi tão grande que a escola já prepara um blog da EMEI. “Eles vem trazer os alunos, me fazem perguntas e sugestões para a página. O próximo passo é fazer uma página para divulgar novidades sobre tudo na unidade”, completa Adelma.

Espaço aberto - Na EMEF Zulmira Cavalheiro Faustino, a ideia de criar um blog partiu do professor de Ciências, Leandro Alves dos Santos. O Blog do Zulmira, como é chamado, já chegou a receber, num só dia, 600 visitas e conta com dezenas de comentários de alunos. “Quando um estudante vê outro comentando o blog, quer comentar também”, afirma o professor.

Ele vê na página uma possibilidade de desenvolvimento da leitura e escrita dos alunos, além de servir como espaço de comunicação entre a escola e os estudantes. “É uma linguagem nova pela qual eles aprendem a ler também imagens, não só textos. E é também um canal para que eles façam sugestões e reclamações.”

Um blog poético - A disseminação dos blogs nas escolas da Rede Municipal pode até ser recente, mas na EMEF Newton Reis a professora Olívia de Siqueira Cardoso mantém uma página desde 2005. Trabalhando com alfabetização para o 2º ano do Ensino Fundamental, a professora usa o blog como auxiliar no ensino, publicando fotos e vídeos que incentivem os pequenos a participar. O mote do blog é a poesia – assunto que interessa a professora há bastante tempo.

Todas as atividades são realizadas com a autorização dos pais. “Na reunião de início de ano, já aviso que trabalho com blogs e peço a autorização dos pais para divulgar o trabalho dos alunos”, explica a professora, que nunca enfrentou resistências. “Os pais ficam encantados”, fala.

O número de escolas da Rede Municipal de Ensino da cidade de São Paulo que possuem blogs aumenta a cada dia e você pode conferir a lista, que é atualizada constantemente, no site da Informática Educativa:

Um comentário:

  1. Olá, Gladys!
    Obrigada pela visita ao Baú! Você conheceu os outros baús?
    Gosatei de conhecer seu blog, já estou te seguindo! Tenho certeza que tenho muito a aprender aqui contigo!
    Tudo de bom pra ti!
    Beijinhos,
    Ivanise :)

    ResponderExcluir